ACOMPANHE SEU VEREADOR - 8ª Sessão Ordinária

por ASCOM/CMCC publicado 31/03/2017 12h15, última modificação 31/03/2017 18h04

Gesiel Ribeiro (PHS)

     Agradeceu a secretaria de Obras por atender sua solicitação na VS-48 realizando algumas melhorias. Demonstrou preocupação com os loteamentos que não oferecem a devida infraestrutura e afirmou estar atendo as necessidades do povo. Sobre as denúncias em desfavor do SAAE o parlamentar afirmou que o problema não é o esgoto lançado no córrego e sim a pasta que muitos têm interesse.

Wilson Leite (PDT)

     Disse que precisam transformar a região das “Chácaras” em zona urbana para que ela possa receber os devidos benefícios. Parabenizou o presidente da Casa, vereador Junior Garra (PR), por exigir que as comissões permanentes apurem as denúncias sobre a ETE que despeja esgoto no em córrego no município. “Vamos ‘passar Canaã a limpo’ a começar pelo SAAE”, frisou o vereador. Sobre a crise econômica falou que a sociedade e os políticos precisam se unir para defender os interesses da sociedade.

João Batista (PT)

     Prestou esclarecimentos sobre o dinheiro da obra da Funasa, uma parceria entre os governos federal e municipal. Pediu cautela ao se criticar a morosidade das obras sem se atentar as questões burocráticas e disse que é preciso responsabilizar cada qual por suas incumbências.

Walter Diniz (PMDB)

     Falou sobre o bairro Novo Horizonte  e disse que ele precisa ser contemplado pela gestão pública, já que ele é um dos que mais contribue com impostos. Apresentou documentos comprobatórios de que a atual administração municipal é a que tem maior carga tributária. Elogiou o REFIS e quer propor uma emenda, se houver legalidade, para reduzir o valor da própria dívida.

Junior Garra (PR)

     Falou sobre a denúncia que a Câmara recebeu acerca de um suposto crime ambiental cometido pela SAAE e que para a averiguação dos fatos determinou que as comissões  de Terras, Obras, Fiscalização, Meio Ambiente e Constituição e Justiça apurem as denúncias e entreguem um relatório a mesa diretora que ela possa tomar as medidas cabíveis. Apresentou , também, um laudo que comprova a má qualidade da água disponibilizada a população e reafirmou que enquanto for presidente da Casa todas as denúncias serão apuradas e, quando não mais for, fará as apurações enquanto vereador, como fez durante seu primeiro mandato.

Rael da Marcenaria (PHS)

     Elogiou o papel do presidente da Câmara, vereador Junior Garra, por ter convocado os demais vereadores para apurarem a denúncia contra o SAAE e afirmou que existem coisas piores do que esgoto despejado em córrego, inclusive dentro de secretarias, mas que todas as denúncias serão apuradas.

Vânia Mascarenhas (PDT)

     Pediu a convocação da secretária Érica Sobral, de algum representante da caixa Econômica e da Amec para discutir sobre a situação do bairro Canaã. Sobre a denúncia de crime ambiental disse que não é apenas nesse córrego que o esgoto é despejado, mas que todas as denúncias serão averiguadas. “As ETE do nosso município terão que ser feitas novamente. Milhões de reais do contribuinte jogados fora”. Chamou atenção dos colegas para que não haja briga pessoal por causa de pastas no Executivo.

 

Elio do Líder (PMDB)

Parabenizou um dono de lote por realizar o serviço de limpeza dele e conclamou os demais proprietários para que façam o mesmo. Propôs uma consulta jurídica para que se possam fazer uma emenda que alivie a carga tributária paga pelo contribuinte. Sobre a denúncia de despejo de esgoto no córrego feito pela SAAE, o parlamentar disse que o presidente da autarquia e o prefeito são responsáveis. “Todos precisam se explicar e tomar precauções para que isso não ocorra novamente no futuro”.

 

Dionizio Coutinho (PSC)

Falou sobre a dificuldade do bairro Novo Horizonte, mas disse que a maior parte do bairro já está asfaltada e que acredita na proposta do governo. Sobre a denúncia de crime ambiental o parlamentar disse que o SAAE não é administração direta. “Existe uma gestão independente e a autarquia deve ser responsabilizada por seus erros”. 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.