Construção de pista de pouso é aprovada na CMCC

por ASCOM/CMCC publicado 13/03/2018 18h55, última modificação 13/03/2018 18h55

Tendo em vista o crescimento do município e a implantação do Distrito Industrial e do Polo Universitário, que vão reaquecer a economia de Canaã, o vereador Anderson Mendes (PTB), propôs, por meio da indicação nº002/2018, que a prefeitura construa uma pista de pouso e decolagem para atender a demanda de passageiros e de empresas que se instalarão no município,

“Facilitar a logística no transporte de passageiros e cargas facilitará a vida dos que precisam viajar e reduzirá o custo de produtos vindos ou enviados para outros locais, incrementará o polo universitário e industrial e servirá de atrativo para novas empresas”, disse o parlamentar, salientando no terreno que a Vale doou para a cidade implantar seu distrito industrial e universitário há uma área grande que comportará uma obra dessa envergadura.

Ainda de acordo com o vereador, essa indicação é totalmente viável e a prefeitura pode usar a usina municipal de asfalto para essa pista de pouso e decolagem. “Essa deve ser uma luta de todos nós, pois todos seremos beneficiados”, concluiu.

O vereador Junior Garra (PR) parabenizou a indicação e disse que na mesma região indicada pelo vereador Anderson Mendes, já havia uma pista de pouso particular, mas ela se faz necessária para atrair investimentos externos ao município.

Wilson Leite (PDT) disse que a partir do momento que a cidade tiver uma pista de pouso e decolagem, as companhias áreas começarão a se interessar pela área e poderão começar a fazer linhas regulares. “Caso haja um paciente que precise ser transferido para outra região de UTI aérea, mesmo que a família tenha condições para arcar com esses custos, eles terão que recorrer a uma pista particular, o que dificultará esse deslocamento”.

Aprovada por unanimidade a indicação segue para o Executivo.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.